Analistas dizem que revolução tunisina e egípcia vai ter efeito dominó, chegando à Argélia, Líbia, Marrocos, Síria e Madeira

António Marques 29 de Janeiro de 2011

Quem vê na TV as imagens da Revolução dos Jasmins na Tunisia e no Egipto, descobre com assombro a quantidade de mulheres bonitas que há naqueles países islâmicos, tal como há na Jordânia ou Síria, pelo que debaixo das burkas afegãs, deve haver Kates Moss aos montes.

Falando agora de cenas que não interessam nem ao Menino Jesus, apenas ao chato do Nuno Rogeiro, os analistas prevêem um efeito dominó. O IP falou com o sempre fascinante Nuno Rogeiro: “O perfume dos jasmins vai atingir a Madeira, onde Jardim será deposto pelo José Manuel Coelho, vai atingir o PS, o ACP, a Liga de Cegos e o Borda de Água! Irá chegar ao Porto, onde Pinto da Costa será deposto pelo Vitor Baía, ao Politeama, onde o Carlos Quintas e a Rita Ribeiro serão depostos pelo Henrique Feist e pela Anabela e à Cornucópia, onde o Luis Miguel Cintra será deposto pelo Angélico! E prevejo golpes de estado sangrentos no Preço Certo, na Praça da Alegria e no Tempo Extra, que duram há 10 anos!“. A.M

SIGA-NOS


Tópicos

Últimas

Do arquivo