Madre Teresa de Calcutá pertenceu ao gang do Multibanco

Inimigo Público 27 de Janeiro de 2011

Por Marcelino Mota

Na sequência das reportagens-choque da TVI sobre fraudes públicas e da nova confissão de BIBI na SIC, a RTP vai apresentar dois trabalhos também de grande impacto. No primeiro, prova-se que Madre Teresa de Calcutá pertenceu ao gang do Multibanco e, no segundo, que todo o dinheiro em falta no BPN foi doado à Cáritas e à Cruz Vermelha e que Oliveira e Costa, bem como Dias Loureiro, sempre viveram das pensões de invalidez e do Rendimento de Inserção Social. Concluindo-se igualmente que as acções vendidas a Cavaco Silva eram do jogo “Monopólio”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo