Homem que se googlou a si próprio e não encontrou resultados processa Google pelo vazio da sua vida

António Marques 27 de Janeiro de 2011

Ao contrário da passagem dos políticos pelo Governo, cujo rasto desaparece, veja-se a demagogia do PSD e CDS, que parece que nunca governaram, veja-se a demagogia do PS num futuro próximo, quando parecerá que nunca governou, o que se googla fica para sempre, por isso pense duas vezes, antes de clicar em “ Sexy Lolita” ou “ Hot babes under 14” .

Um espanhol processou a Google, pois quer apagar todo o seu historial no ciberespaço, do qual constam buscas embaraçosas, como “ Orgias gay “ ou “ Defensor Moura a Presidente .com”. Já um português processou a Google, pois ao clicar o nome, não encontrou nada, constatando que a sua vida era um vazio tenebroso. Depois de reflectir, violou e matou a vizinha, tendo a sua vida ganho significado, pois no Google passaram a constar as 560 páginas que o Correio da Manhã dedicou ao assunto, bem como uma foto sua, ao lado de “O monstro de Miraflores “A.M

SIGA-NOS

Tópicos

Últimas

Do arquivo