Anarquistas queixam-se que ao actual preço do petróleo não é possível usar cocktails Molotov

Alexandre Parreira 18 de Janeiro de 2011

Vários grupos anarquistas europeus enviaram esta semana uma carta para a Comissão Europeia a queixar-se dos preços do petróleo e dos combustíveis que os impedem de desenvolver o seu trabalho em condições. A Europa está a sair da crise e, em muitos países, os orçamentos não dão para mais do que um ou dois cocktails Molotov por mês. “É claramente insuficiente”, explica um anarquista que o INIMIGO encontrou a destruir um hambúrguer Big Mac cheio de ketchup à dentada. À falta de cocktails Molotov, os manifestantes vão-se contentando em atirar pedras, pneus de automóvel em chamas e, nos dias de maior escassez, cuspo e palavras de ordem. AP

SIGA-NOS


Tópicos

Últimas

Do arquivo