Suicídio de aves

Inimigo Público 14 de Janeiro de 2011

Por Dário Cardina

Na semana passada noticiou-se a morte de milhares de aves. O primeiro registo deste ano deu-se no Arkansas, depois na Suécia e no Japão.

Especialistas na área da madicina veterinária eram da opinião de que as aves morreram de ataque cardíaco ao ouvirem os festejos do início do novo ano. Felizmente que Rui Santos, comentador desportivo, esteve mais uma vez atento às movimentações no mercado. Segundo o especialista em assuntos desportivos a comissão do Benfica anda à procura de substituta para a águia Vitória. Após alguns contactos de olheiros nos EUA, Europa e Japão deu-se o (in)esperado: milhares de aves suicidaram-se. Um médico marroquino acha que a morte foi devida à espectativa de ir para o Benfica já que as aves morreram antes das 0h, mais precisamente às 23h47m, logo não havia ainda festejos. “Foi, decididamente, um susto de morte mas não foi pelos foguetes”, comentou Dihram Al-Mahad.

Tópicos

Últimas

Do arquivo