Elite do PS não surge na campanha eleitoral de Manuel Alegre porque tanto a elite do PS como a campanha eleitoral do Manuel Alegre não existem

Vítor Elias 10 de Janeiro de 2011

Os jornais dão hoje conta do descontentamento de Manuel Alegre por, neste início de campanha eleitoral, a elite do PS não o apoiar publicamente.

De facto, figuras de uma importância política e relevância histórica tão incontornáveis na democracia portuguesa como Pedro Silva Pereira, Augusto Santos Silva ou Alberto Martins ainda não surgiram ao lado de Manuel Alegre em qualquer das reuniões sombrias onde o candidato, desalentado, berra desesperadamente qualquer coisa sobre o Estado Social e exige, a roçar a histeria, que Cavaco Silva lhe responda a nem ele sabe muito bem o quê. A única esperança de Manuel Alegre agora é continuar a relacionar Cavaco Silva com a balbúrdia do BPN e forçar uma segunda e pífia volta nas eleições, de maneira a finalmente ser apoiado por alguma elite socialista, como o destacadíssimo Defensor de Moura. VE

Seja fã do Inimigo Público no Facebook

Tópicos

Últimas

Do arquivo