Milagre atribuído a João Paulo Ii foi validado

Inimigo Público 7 de Janeiro de 2011

Por Samuel Abeillard

A comissão médica, liderada pelo médico particular do actual Papa Bento XVI, considerou válido o milagre que poderá fazer avançar o processo de beatificação e que estará relacionado com a recuperação da monja francesa Marie Simon-Pierre, que se terá curado da doença de Parkinson – “Esse americano que me deixa louca”, segundo as palavras da própria – depois de ter rezado, pedido ajuda a João Paulo II e de se ter submetido a complexos tratamentos médicos.

Andrea Tornielli, especialista em questões ligadas ao Vaticano e que faz um espectáculo de Travesti às quintas-feiras no Frágil, com o nome de Bárbara del Rio, adiantou mesmo que a beatificação de João Paulo II poderá ocorrer “antes do Verão, o mais tardar em 2045”. Uma vez beatificado e para que seja considerado santo, terá que lhe ser atribuído um segundo milagre. Na calha estão já outros milagres de João Paulo II, como um motociclista polaco que, após fractura de uma perna resultante de uma queda, viu a sua perna curada após ter rezado a Sua Santidade e de ter andado dois meses com gesso, ou o outro caso da senhora italiana que sofria de flatulência há 10 anos e que se curou após invocar o nome do Santo Padre, de ter deixado de comer feijões e de ter feito um tratamento à base de Aero-Om, o conhecido medicamento contra os gases. Por explicar está ainda o desaparecimento de cerca de vários milhões de euros do Banco do Vaticano ao longo de 22 anos, milagre que poderá também ser atribuído a Karol Vojtila.

Tópicos

Últimas

Do arquivo