Adolescentes portugueses mostram estilo de vida saudável

Inimigo Público 21 de Dezembro de 2010

Por Samuel Abeillard

Os problemas que se «inventam» para os adolescentes talvez não sejam realmente os seus problemas, concluiu um estudo realizado a mais de cinco mil adolescentes, que mostra comportamentos adequados e um estilo de vida saudável.

Realizado em colaboração entre a Faculdade de Motricidade Humana, o Centro da Malária e Doenças Tropicais e o supermercado Lidl, a análise incidiu em estudantes portugueses, passe o paradoxo, dos 6.º, 8.º e 10.º anos, portanto, com uma média de idades de 22 anos. Através de inquérito, o estudo conclui que a maioria dos adolescentes nunca se embriagou e que refere não ter consumido drogas no último mês. Quem o afirmou foi uma adolescente de 14 anos, do Bairro do Lagarteiro, no Porto, já com uma garrafa de Jack Daniels quase vazia pousada ao seu lado, enquanto enrolava um charro e esperava pelo seu namorado de 65 anos, eram 9 horas da manhã.

Tópicos

Últimas

Do arquivo