Funcionários dos grupos parlamentares obrigados a receber em senhas de cantina

Inimigo Público 2 de Dezembro de 2010

Por Viriato Ferreira de Castro

Depois de se saber que os funcionários dos grupos parlamentares tinham escapado ao corte salarial previsto no Orçamento, o Partido Socialista lançou uma nova proposta que, de resto, dá eco às reivindicações do deputado Ricardo Gonçalves.

De facto, se é certo que estes funcionários abençoados verão processado, nas suas folhas de vencimento, o ordenado completo – em valores ilíquidos -, menos certo não deixa de ser a circunstância de a mesma percentagem, que é subtraída ao resto da Função Pública, se encontrar convertida em senhas de refeição na cantina da Assembleia da República. De acordo com algumas fontes, o descontentamento já se faz sentir entre alguns desses bravos trabalhadores, ouvindo-se pelos corredores verdadeiras frases angustiantes: «E eu que estava tão habituado a ir todas as noites fazer uma ceia ao Eleven’s vou ter de gramar agora com uma sandes de fiambre e um galão morno?». Deste modo, cada funcionário dos grupos parlamentares receberá, no dia do pagamento, uma caixa da Hello Kitty com as senhas de refeição para um mês. «Aproveitarei para perder peso» – disse um elemento do Bloco, que não se quis identificar.

Tópicos

Últimas

Do arquivo