Médicos portugueses recomendam que se escrevam SMS e mensagens no Facebook à mão

Vítor Elias 1 de Dezembro de 2010

Investigadores norte-americanos descobriram que escrever manualmente desenvolve mais o cérebro do que dactilografar em teclados, pelo que vários médicos portugueses aconselharam os jovens a escreverem cartas à mão sobre o que estão a fazer, endereçando-as ao Facebook e não esquecendo de desejar que esteja tudo bem como o Mark Zuckerberg e a sua família.

Os médicos querem ainda que os jovens escrevam SMS “naqueles telemóveis modernos onde se escreve no ecrã com uma espécie de palito de limpar a cremalheira”. Por último, garantiram que, se os jovens escreverem muito à mão, um dia poderão ter uma caligrafia tão bonita e legível como a dos médicos. VE

Seja fã do Inimigo Público no Facebook

Tópicos

Últimas

Do arquivo