Anúncio de Nuno Gomes faz cair a pique taxas de rating portuguesas

Inimigo Público 24 de Outubro de 2010

Por Hugo Faustino

Foi durante um almoço de homenagem aos mineiros chilenos que Nuno Gomes anunciou que iria abandonar o Benfica no final da época juntando assim o seu contributo a outros presentes que os sobreviventes têm vindo a receber um pouco por todo o mundo.

A reacção dos mineiros foi um júbilo ruidoso como ainda não tinham exteriorizado desde que foram salvos segundo testemunhos dos psicólogos que os acompanham. Ao que foi possível apurar apenas um manifestou-se desagradado mas porque era simpatizante do f.c. do Porto. Mas as reacções às intenções de Nuno Gomes não se ficaram por aqui, os mercados também reagiram, certamente atentos ao aforismo popular de que “quando o Benfica ganha o pib sobe”, descendo imediatamente as taxas de juro e relegando momentâneamente as obrigações de dívida portuguesa das mesas de black jack e roleta para as slot machines do casino financeiro. Passos Coelho ainda que abafado brutalmente pelas circunstâncias ainda teve tempo de declarar ao jornal Alemão Frankefurter que iria aprovar o orçamento e ser o próximo primeiro-ministro de Portugal mas felizmente os mercados estavam ainda distraídos com a primeira notícia.

Tópicos

Últimas

Do arquivo