Paulo Bento diz que o Islândia-Portugal é um jogo de ‘chumba o Orçamento-chumba o Orçamento’

Vítor Elias 12 de Outubro de 2010

A selecção que perder o Islândia-Portugal, esta noite, vai ficar praticamente afastada do Euro 2012, um daqueles jogos que o ex-seleccionador Luiz Felipe Scolari qualificava como de “mata-mata”.

Porém, como a maioria dos actuais jogadores da Selecção Nacional não chegou a conhecer o treinador brasileiro, Paulo Bento recorreu a uma metáfora mais adaptada a estes tempos e explicou-lhes que se trata de um jogo de “chumba o Orçamento de Estado-chumba o Orçamento de Estado”, tendo então os jogadores percebido o que realmente está em causa: em caso de derrota, é o fim da civilização como a conhecemos. Ricardo Carvalho, por exemplo, ficou tão consciente do que está em causa que, apesar de não concordar com a táctica de Paulo Bento, vai abster-se de marcar golos na própria baliza e viabilizar a vitória de Portugal. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo