Francisco Lopes faz ruptura ideológica

Inimigo Público 6 de Setembro de 2010

Por Amigo do Inimigo

No encerramento da Festa do Avante, o candidato do PCP às presidenciais, Francisco Lopes, propôs, nas suas palavras, uma “séria ruptura ideológica”. Segundo o próprio “…acabaremos com a cassete e passaremos ao vinil. Isto é por um lado uma forma de calar a imprensa burguesa relativamente à história da cassete e por outro uma forma de dar corpo à máxima leninista – um passo à frente dois atrás. Com o vinil vamos ao encontro dos camaradas do tempo das 78 rpm e dos mais jovens visto o vinil estar a ser retomado por estes, tal como Marx, Engels e Lenine. E tudo isto sem ceder às facilidades neoliberais dos blu-rays e coisas que tais”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo