Designer português da Lacoste troca crocodilo por porco preto

Mário Botequilha 1 de Setembro de 2010

Felipe Oliveira Baptista foi nomeado director criativo da Lacoste e já meteu mãos à obra: o clássico crocodilo da marca vai dar lugar a um porco preto estilizado a cheirar duas bolotas e com a cauda em estilo manuelino.

A primeira opção de Baptista, duas sardinhas numa fatia de broa, ficou pelo caminho depois de testes com resultados insatisfatórios no mercado californiano e em Ermesinde. O designer disse que sempre quis fazer qualquer coisa com o porco preto: “Tentei o chouriço e grelhar secretos mas, como não resultou, resolvi fazer pólos”, afirma Baptista. A partir de agora, passa a ser mais fácil distinguir os legítimos produtos Lacoste das imitações de contrafacção: o logo daqueles apresenta um porco preto e duas bolotas e o destas tem um javali amarelo às riscas e três curgetes. Em última hora: o presidente Sarkozy, diz a Reuters, prepara-se para proibir a entrada de porco preto em França por entender que o suíno de tez escura é responsável por 25% da criminalidade nas varas de porcos francesas. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo