Condutores desastrados querem saber se isso dos 7 anos de azar inclui partir retrovisores

João Henrique 28 de Agosto de 2010

Os condutores estão preocupados com uma das superstições mais comuns: quebrar um espelho dá sete anos de azar.

O elevado número de peripécias na estrada está a deixar os condutores mais temerosos com o futuro. “Espero bem que os sete anos de azar sejam só para aqueles espelhos de casa com um metro e tal. Eu acho justo que se tenha no máximo uns 3 meses de azar já que os espelhos dos retrovisores são muito mais pequenos. E quem tem azar? Quem parte o retrovisor ou quem for o dono do retrovisor partido? E nos casos em que se partiu só o cantinho do espelho do retrovisor e o resto está intacto? E há azar nos casos em que o espelho não foi quebrado mas apenas riscado? E se tiver só uma racha no meio e o resto estiver impecável? Dá azar? E eu sei que dá ainda mais azar se eu me olhar ao espelho depois de partido. Se eu olhar com os óculos também dá azar? E de lentes? E se for só uma olhadela de relance? Dá azar?”, questionou o condutor já desesperado.

Tópicos

Últimas

Do arquivo