PJ vai ao Brasil investigar morte de Rosalina Ribeiro e Duarte Lima lamenta não ser do PS em vez do PSD

António Marques 27 de Agosto de 2010

As imagens de Rosalina Ribeiro dentro do elevador e a sair do prédio já foram transmitidas pelas televisões mais vezes que a queda das Torres Gémeas ou as comemorações do último título do Benfica.

Agora, o MP e a PJ vão investigar a morte da milionária, interrogando Duarte Lima. O IP falou com um magistrado do MP: “A investigação ao barão do PSD Duarte Lima vai ser rápida, como é apanágio do MP!“. O IP falou com um inspector da PJ: “Para nós um notável do PSD tem o mesmo valor que um desempregado anónimo! A investigação será mais célere que as de Torquemada na Inquisição!“. O IP falou com Duarte Lima: “Tive azar em estar no sítio errado, na hora errada, mas acima de tudo arrependo-me de não ser militante do PS! Se assim fosse, as câmaras do elevador podiam mostrar-me a apertar o gasganete à velha que, a esta hora, já a PGR teria arquivado o caso por falta de provas!“. AM

Tópicos

Últimas

Do arquivo