José Sócrates já recuperou forças no Algarve para os últimos seis meses do seu mandato

Vítor Elias 17 de Agosto de 2010

José Sócrates tem aproveitado estas férias para descansar e recuperar as energias que necessita para voltar à carga e encarar com resoluta determinação os escassos e agónicos meses que lhe restam enquanto primeiro-ministro.

“Tenho lido muito, corrido na praia, enfim, espairecido a cabeça para voltar fresco e atacar os problemas do País até que o Cavaco Silva seja eleito, no princípio de 2011. Depois já sei que ele apenas vai esperar a janela de oportunidade constitucional que lhe permite correr-me a pontapé de São Bento, pelo que vou entrar em gestão corrente, limitando-me a inaugurar coisas e tentar agarrar algum tacho na União Europeia, como fizeram o Guterres e o Durão Barroso”, explicou José Sócrates. “Ou então, como costumam fazer muitos políticos, volto à minha antiga profissão. Ou seja, voltar a colar cartazes da Juventude Socialista e desenhar casas na Guarda com chiqueiros no rés-do-chão”. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo