Ano de magia prometido por Jorge Jesus poderá estar em causa depois do falhanço da contratação de David Copperfield

Inimigo Público 3 de Julho de 2010

Por António Miranda

No regresso ao trabalho, Jorge Jesus prometeu “um ano de magia” aos benfiquistas. Contudo, após a partida de Di Maria para o Real Madrid e graças ao falhanço de duas contratações de peso, esta profecia de Jesus poderá estar em risco.

Copperfield após ter acordado a diminuição das orelhas de Luís Filipe Vieira e fazer com que o Luisão ficasse com uma guedelha tão frondosa como a do David Luiz, mostrou-se intransigente quando pediu que lhe deixassem fazer desaparecer a estátua do Eusébio e que a águia Vitória passasse a sair da sua cartola antes do jogos. Face à falta de acordo, o clube encarnado voltou-se então para Luís de Matos, mas mais uma vez Pinto da Costa intrometeu-se no negócio e desviou o mágico luso para o Dragão graças a promessas que o clube nortenho sabe tratar melhor que ninguém indivíduos que usam indumentárias negras. Entretanto, num último esforço para cumprir os desejos de Jesus, Rui Costa tem estado em contacto com feiticeiros de segunda linha vindos de África. Desta lista constam os nomes do Professor Karamba, do Profressor Fofana e do Professor Queiroz.

Tópicos

Últimas

Do arquivo