Novo corte no concurso público do TGV

Inimigo Público 29 de Junho de 2010

Por N. P. Dias da Silva

Soube-se hoje que o PM português vai propor um novo corte no concurso público para a construção do TGV. O governo português já estabeleceu contactos com o governo espanhol para chegar a um acordo que satisfizesse ambas as partes, coisa que não aconteceu e que o governo luso comentou da seguinte forma: “Estamo-nos a marimbar… as medidas de austeridade são para cumprir e se eles não alinham nós fazemos queixinhas a Bruxelas!”. A proposta visa o corte da construção em metade da sua extensão, ou seja, será apenas construída a linha de ida de Lisboa para Madrid. Em complemento a esta medida, as primeiras viagens serão gratuitas para os desempregados à data de conclusão do troço, sendo que, se no prazo de 24h os desempregados não solicitarem o seu bilhete, ser-lhes-á implantado um chip na testa e serão cobrados por cada hora de existência no território nacional.

Tópicos

Últimas

Do arquivo