Governo vai transferir subsidio de desemprego para o Facebook

David Marçal 24 de Junho de 2010

Portugal é um dos países mais avançados a nível de e-Government, ou seja o governo feito por robôs. Não é assim de estranhar que o nosso país se prepare para ser o primeiro do mundo a transformar o subsidio de desemprego numa aplicação do Facebook (“Helena André acabou de lhe enviar flores de consolação e uma garrafa de champanhe por não ter emprego”. Aceitar? Será publicado no seu muro das lamentações)” e a cobrar IVA pelas transacções no Farmville. Utilizadores que não tiverem conta no Facebook poderão reclamar o seu subsidio de desemprego em vidas extra no Pacman. DM

Tópicos

Últimas

Do arquivo