Para Sócrates, tudo mudou excepto Judite de Sousa e José Alberto Carvalho

Mário Botequilha 24 de Junho de 2010

O primeiro-ministro concedeu ontem uma entrevista, à RTP, em que repisou várias vezes a ideia de que nas últimas semanas tudo tinha mudado, o mundo tinha mudado, até o campeão nacional de futebol tinha mudado. Sócrates repetiu que “o mundo mudou muito nestes 15 dias, tudo mudou, excepto a Judite de Sousa e o José Alberto Carvalho que, mais uma vez, colocaram-me perguntas com o mesmo grau de dificuldade daquela prova de aferição de matemática em que se pediu a alunos do 6º. Ano para dividir oito por quatro”.

José Sócrates, mais à frente no seu monólogo, insistiu na ideia de que “de repente – não sei se já disse isto hoje ou não -, tudo mudou. Tudo, excepto a Judite e o Zé Alberto que voltaram a demonstrar a mesma capacidade de sempre de me confrontar com a realidade, na linha de um Pacheco Pereira a armar-se em Horatio, do CSI Miami, debruçado sobre o cadáver do negócio PT/TVI.” MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo