Alunos que fizeram prova de aferição fingiram que estavam preocupados e nervosos na véspera

João Henrique 24 de Junho de 2010

As provas de aferição começaram hoje para mais de 230 mil alunos do 4.º e 6.º ano e não contam para a nota do aluno, destinando-se apenas a testar os conhecimentos e desempenho das crianças na escola. Inspirados pela natureza lúdica da prova, os alunos levaram para a escola cábulas a fingir, canetas sem tinta e preencheram a folha de ponto com um nome e uma data de nascimento inventada. Fingiram que estavam preocupados por não saberem as respostas, fingiram desespero por já não terem tempo para acabar as questões e fingiram que estavam cansados e aliviados após terem terminado a prova. Os pais dos alunos passaram a manhã a fingir que estavam preocupados e telefonaram a fingir só para saberem como lhes tinha corrido a prova. JH

Tópicos

Últimas

Do arquivo