Rui Pedro Soares acusado de subir na PT graças a padrinhos e a cabeça de cavalo na cama de Zeinal Bava

Mário Botequilha 27 de Abril de 2010

O ex-administrador da Portugal Telecom, Carlos Barbosa, em depoimento à comissão parlamentar de inquérito ao negócio PT/TVI, afirmou que Rui Pedro Soares não tinha “aptidões especiais” para o lugar que ocupou na administração da PT e que a sua ascensão meteórica só pode ser explicada pelo recurso a bons “padrinhos”. Mas há mais: em declarações exclusivas ao INIMIGO, Carlos Barbosa garantiu que a subida de Rui Pedro Soares à administração foi confirmada dois minutos depois de o CEO da empresa, Zeinal Bava, ter acordado com uma cabeça de cavalo ainda fresca aos pés da cama e o currículo do gestor socialista, bem como o seu diploma de operador de call-center do programa Novas Oportunidades, em cima da mesa-de-cabeceira. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo