Pedro Passos Coelho defende privatização da RTP mas manutenção d’‘O Preço Certo’ no Estado

Vítor Elias 13 de Abril de 2010

Pedro Passos Coelho defendeu ontem, na SIC, a privatização da RTP, uma vez que “o Estado não tem de ter nem jornais nem televisões”. Porém, em declarações ao IP, o novo líder do PSD defendeu que “O Preço Certo”, devido à sua importância estratégica, deve continuar nas mãos públicas, através de uma “golden share”, “uma vez que ninguém deseja ver ‘O Preço Certo’, que tem tanta influência entre os idosos e acamados deste País, cair nas mãos de capitais estrangeiros”. O PCP já reagiu e, pela voz de Jerónimo de Sousa, lembrou que, mais uma vez, “a Direita quer privatizar os lucros e nacionalizar os prejuízos”, comparando o Fernando Mendes à Lisnave. Fernando Mendes, ao IP, assegurou que não se importa que coloquem “O Preço Certo” no mercado de capitais, “desde que ao lado da Bolsa de Lisboa exista uma churrasqueira”. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo