Sócrates acha chapeleiro de “Alice no País das Maravilhas” um problema que tem de ser resolvido

Mário Botequilha 12 de Fevereiro de 2010

José Sócrates tentou impedir a edição de “Alice no País das Maravilhas” que o “Expresso” publica a partir de amanhã. Em conversa com o director do semanário, Henrique Monteiro, Sócrates terá considerado que o chapeleiro era louco e constituía um problema que precisava de ser resolvido. O primeiro-ministro é um conhecedor da obra de Lewis Carrol, que foi objecto da sua tese de licenciatura em Engenharia Civil na Universidade Independente. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo