Selecção vai ficar alojada em casa projectada por José Sócrates

Fábio Benídio 7 de Fevereiro de 2010

O seleccionador nacional de futebol, Carlos Queiroz, defendeu a escolha da Covilhã para o estágio de Portugal antes do Mundial de 2010 e disse que o anúncio oficial depende apenas de detalhes.

“Quando o presidente Madaíl aprender a funcionar com o GPS e souber como chegar cá cima à serra, podemos confirmar definitivamente a Covilhã”. Queiroz disse ainda que a cidade apresenta muitas semelhanças com a África do Sul, referindo-se ao facto de, há dez anos a esta parte, os pastores serranos terem permitido o pastoreio das ovelhas brancas com as ovelhas negras e os bodes, acabando assim com milhares de anos de ‘Apartheid’, que envergonhava o sector pecuário. Apesar de fazerem os treinos na Covilhã, os jogadores deverão pernoitar em Valhelhas, no distrito vizinho da Guarda, numa casa projectada por José Sócrates, escolhida por ser a que mais se assemelhava às barracas do Soweto.

Tópicos

Últimas

Do arquivo