Medina Carreira arrasa política financeira de Pai Natal

João Henrique 17 de Dezembro de 2009

Depois de ter arrasado a política financeira dos últimos governos de Portugal, Medina Carreira acaba de meter o dedo na ferida em relação à quadra natalícia.

Apelidando o Pai Natal de “santola que vai andando até que alguém lhe quebre a casca”, traça o diagnóstico: “Daqui a 10 anos não vai haver Natal. A dívida do Pai Natal aumentou diariamente 480 mil milhões de euros nos últimos 10 Natais. O PIB da Lapónia caiu para metade em 25 anos e o custo das prendas está dez vezes superior. E não é só o Natal. Não dou mais de 5 anos para a aniquilação total da Páscoa, Carnaval, Dia dos Namorados, Dia de São Martinho, Dia da Mãe, Dia do Pai, Dia Mundial da Criança e o Dia de Reis”, afirmou Medina Carreira. JH

Tópicos

Últimas

Do arquivo