ZON e PT impedem laureados Nobel de usar palavra “fibra”

Mário Botequilha 7 de Outubro de 2009

O Prémio Nobel da Física de Charles Kao, George Smith e Willard Boyle pode estar em causa. Os três investigadores foram premiados pelo seu trabalho em fibra óptica e semi-condutores, mas duas providências cautelares interpostas logo ao fim da manhã de terça-feira, pela Zon e pela PT, pretendem impedi-los de usar a palavra “fibra”, bem como as palavras “rede”, “mesmo, mesmo”, “subsolo”, “pleonasmo” e “fofinho”.

Este é mais um episódio da guerra entre as duas empresas portuguesas pelo direito ao uso da palavra “fibra”, assim como as derivações como “fibroso”, “fibrinha” ou “fibra-mos”, e que no mês passado impediu um casal de Ovar de baptizar a filha com o nome de Fibra Marisa.

Tópicos

Últimas

Do arquivo