Governo tem acordo tácito para Benfica não perder jogos até às eleições

Vítor Elias 1 de Setembro de 2009

Segundo o jornal “Financial Times Deutschland”, o governo alemão tem um acordo tácito com a indústria para evitar despedimentos até às legislativas, para garantir à CDU uma vitória a 27 de Setembro.

Em Portugal, segundo o “Finantial Times Vila Franca de Xira”, José Sócrates realizou acordo semelhante com a Liga de Clubes e o Comité de Arbitragem, para evitar que o Benfica perca jogos até às legislativas, mantendo assim 7 milhões de portugueses num estado de euforia quase narcótica que os impeça de perceber a miséria em que vivem desde 2005. O acordo prevê ainda que o Hulk continue a ser expulso e que o Paulo Bento continue a entregar a titularidade no flanco direito ao Pedro Silva.

Tópicos

Últimas

Do arquivo