Luisão usado como exemplo de cidadão cívico pela Direcção Nacional de Saúde

Vítor Elias 21 de Julho de 2009

Diversos médicos alertaram os portugueses a usar os cotovelos, e não as mãos, para abrir e fechar as torneiras das casas-de-banho públicas. “O Luisão é um exemplo de cidadão consciente”, explicou Francisco George.

“Quando trava um adversário, tem sempre o cuidado de agredi-lo com uma cotovelada, nunca com as mãos. Até porque, ao contrário do HIV, que se contrai através dos fluidos corporais, não há qualquer possibilidade do jogador contrair a gripe A através do imenso sangue que lhe jorra pelo sobrolho abaixo, mesmo que o Luisão tenha feito um corte no cotovelo. O Bruno Alves também é um bom exemplo, pois trava os adversários com um pontapé nas costas. São cidadãos exemplares como estes que devemos elogiar”, concluiu.



Tópicos

Últimas

Do arquivo