Eurodeputados ainda não sabem onde é a casa do Benfica do Parlamento Europeu

Mário Botequilha 15 de Julho de 2009

Está a ser uma semana difícil para os novos eurodeputados portugueses em Estrasburgo. Ainda a conhecer os cantos à casa, a maior parte dos recém-chegados não conseguiu encontrar a Casa do Benfica do Parlamento nem uma roulote de bifanas para comer um courato e beber um penalty de vinho verde a meio da manhã.

“Já não estamos em Portugal, estamos na Europa”, conforma-se o socialista Correia de Campos; “Tenho saudades do Jaime Gama a dizer-me ‘excedeu largamente o seu tempo, senhor deputado’.”



“Fui muito bem recebido”, concede o CDS Nuno Melo; “Muitas colegas, de várias bancadas, vieram ter comigo para me pedir o número de telefone do meu barbeiro.”

Tópicos

Últimas

Do arquivo