Fernão de Magalhães era minhoto e computador Magalhães afinal é do Taiwan

Mário Botequilha 24 de Junho de 2009

Um livro recente veio reforçar a tese de que o navegador Fernão de Magalhães nasceu em Ponte da Barca, e não em Sabrosa, que na verdade se chamava Amândio e que antes de ter entrado para a Marinha foi membro do público de estúdio de “Contacto”. Mas há mais: segundo o mesmo livro, o computador Magalhães também não será de tecnologia nacional, mas sim do Taiwan, Califórnia e Índia, e o secretário de estado José Magalhães não é o Robocop português mas sim o Dirty Harry da Arrábida.

Tópicos

Últimas

Do arquivo