NATO avisa que valor de Cristiano Ronaldo possibilitava matar 8,6 milhões de talibãs

Vítor Elias 18 de Junho de 2009

Pouco depois da ONU ter alertado que o valor da transferência de Cristiano Ronaldo poderia alimentar 8,6 milhões de etíopes, outras organizações internacionais fizeram alertas semelhantes.

Assim, a NATO avisou que com 94 milhões de euros se poderia limpar o sebo a 8,6 milhões de talibãs, o FMI lembrou que esse valor poderia servir para controlar a vida de 8,6 milhões de latino-americanos, a União Europeia lembrou que 94 milhões de euros dariam para subsidiar 8,6 milhões de agricultores franceses e, por último, a mesma ONU lembrou ainda que o valor exorbitante serviria para alimentar 8,6 presidentes da Etiópia. Por cá, o Banco de Portugal lembrou que essa cifra daria para assegurar a reforma a 9,4 Migueis Cadilhes.

Tópicos

Últimas

Do arquivo