Manuela Ferreira Leite com distensão facial por ter sido obrigada a sorrir

Mário Botequilha 8 de Junho de 2009

A Presidente do PSD estava preparada para um sorriso amarelo, assim que fossem conhecidos os resultados eleitorais, mas não para uma vitória expressiva que a obrigasse a rir mais do que Catarina Furtado depois do habitual gaseamento com gás hilariante antes da gravação dos seus concursos.

Consequência 1: foi obrigada a apresentar um sorriso escancarado sem aquecimento e ficou com a cara paralisada, um fenómeno idêntico ao que já tinha sucedido com o irmão Dias Ferreira quando soube o total do passivo do Sporting.



Consequência 2: Paulo Rangel deverá continuar a assegurar a liderança do PSD até às eleições legislativas de Setembro.

Tópicos

Últimas

Do arquivo