‘Record’ tenta morphing para passar a “Wall Street Journal”

Mário Botequilha 3 de Junho de 2009

O “Record” fez esta semana uma capa em que transformou Quique em Jesus, a última ideia gira da mesma equipa de morphing que já tinha transformado Suazo em Eusébio, vacuidades em manchetes e Daniel Oliveira em futebólogo. Os criativos do diário desportivo vão agora abalançar-se para a metamorfose do “Record” em “Wall Street Journal” e de Jorge Jesus em Pep Guardiola.



Tópicos

Últimas

Do arquivo