ERC apenas aprovará criação de canais para adultos portugueses se Marcelo Rebelo de Sousa e António Vitorino tiverem tempo igual nos filmes pornográficos

Vítor Elias 21 de Maio de 2009

A produtora nacional Filmes Hotgold entregou à ERC um pedido de autorização para a criação de dois canais para adultos que quer transmitir no Meo e na Zon.

A ERC ainda não respondeu, mas o IP sabe que a proposta apenas será aceite no primeiro canal Marcelo Rebelo de Sousa fizer loucuras com colegiais durante 5 minutos e meio e, no segundo canal, António Vitorino, durante o mesmo tempo, satisfizer uma médica branca e uma enfermeira negras marotas. Para além disso, Azeredo Lopes exige ainda a existência de filmes gay hard-core ou, de preferência, snuff movies com a presença, como elemento passivo, de Eduardo Cintra Torres.



Tópicos

Últimas

Do arquivo