Tias de Cascais têm menor probabilidade de contrair gripe por darem só um beijo

Alexandre Parreira 9 de Maio de 2009

A Organização Mundial de Saúde prepara-se para recomendar a todas as pessoas que comecem a dar só um beijo para reduzir os riscos de contágio de gripe A.

Um estudo da OMS, em parceria com Carlos Castro e Lili Caneças, concluiu que esta prática das tias de Cascais diminui em mais de 50% a probabilidade de contrair a doença. O director-geral de Saúde, Francisco George, recomenda ainda que se fumem charros individuais em vez de rodar o mesmo por várias pessoas. Mas, claro, apenas nas zonas autorizadas ao fumo.

Tópicos

Últimas

Do arquivo