Novas tecnologias no futebol vão incluir teletransporte, invisibilidade e viagens do tempo

David Marçal 30 de Abril de 2009

Árbitros invisíveis (vestindo equipamento em meta-materiais) vão estar sempre em cima dos lances, comunicarão por telepatia e poderão fazer viagens no tempo para refazer decisões erradas (usando um buraco de verme previsto pelas equações de Einstein) após uma semana de meditação no sofá ouvindo os comentários na televisão (tirando partido das propriedades de um gás aquecido a uma temperatura suficientemente elevada para ser moldável por campos magnéticos, um plasma).

Também é tempo de racionalizar o golo por teletransporte (os átomos da bola são arrefecidos até um condensado de Bose-Einstein e formam uma espécie de átomo gigante e a informação quântica necessária para descrever a bola original é enviada por um feixe de luz, enfim só não vê isto quem não quer e tem na sua agenda lançar lama sobre o futebol português).

Tópicos

Últimas

Do arquivo