Chumbo apreendido serve para reequipar as polícias

Por Alexandre Parreira

A apreensão recorde de chumbo esta semana vai servir para melhorar o equipamento das polícias portuguesas.

O chumbo vai ser derretido para fazer balas já que a maior parte dos polícias anda com as pistolas descarregadas por falta de munições e, por isso, em muitos casos resta-lhes apenas o tradicional murro nos cornos ou, em casos mais graves, o pontapé nos tomates. O que não for utilizado em munições das políticas servirá para cunhar os novos escudos que passarão a circular quando Portugal for expulso do euro. AP

SIGA-NOS NO FACEBOOK




SIGA-NOS NO FACEBOOK

Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.


(0) Comentários
Comentar

20.9.2013