População desesperada com abandono do Estado e falta de meios mas Costa defende-se: “Mandei chover”

Mário Botequilha 17 de Outubro de 2017

O abandono criminoso a que as populações afectadas pelos fogos foram votadas já teve resposta do primeiro-ministro, na mesma linha do secretário de estado que mandou as comunidades defenderem-se sozinhas ou da ministra que pediu às populações para serem “mais resilientes”. António Costa diz apenas que não foram enviados “aviões, nem tropa nem mais bombeiros mas, em compensação mandei chover”. O chefe do governo já prometeu: “em caso de cheias, mando fazer sol. Tudo certo”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo