Assunção Cristas quer extensão da linha de Metro até Caracas e Havana onde o Paulo Portas passa agora a vida

Vítor Elias 12 de Maio de 2017

A ex-neoliberal Assunção Cristas apresentou o seu ambicioso projecto de obras públicas para Lisboa e deseja que a linha de Metro da cidade se estenda, não apenas até a Avenida do Uruguai, mas literalmente até às imediações do Uruguai onde Paulo Portas agora trabalha. A linha branca, assim chamada em honra dos colarinhos dos centristas, terá estações em Caracas e em Havana, tendo ainda uma estação no Kruger Park para o Nuno Melo ir lá ao fim-de-semana caçar tordos.

Tópicos

Últimas

Do arquivo