Obras de Lisboa vão atrasar: peixe gigante siluro saltou do Tejo e comeu retroescavadora

Mário Botequilha 19 de Abril de 2017

Anda aí uma ameaça no Rio tejo que é metade Alien e metade Predador, o siluro. O bicho salta do rio para comer pombos e candeeiros deixados em ecopontos e, esta manhã, engoliu uma retroescavadora e uma palete com lancis de passeio. “O siluro vai atrasar as obras. A câmara já se ofereceu para pagar o gasóleo dos submarinos da Armada para virem cá fazer guerra àquela besta que, de perfil, dá ares do Dijsselbloem”, explicou Fernando Medina na TVI.

Tópicos

Últimas

Do arquivo