Teodora Cardoso considera um milagre que Costa consiga ler e escrever

Mário Botequilha 3 de Março de 2017

Teodora Cardoso, depois de ter dito que o défice de 2,1% do ano passado tinha sido um milagre, apareceu hoje a admirar-se com a capacidade do primeiro-ministro para atar sozinho os próprios atacadores e até conseguir ler e escrever. A presidente do Conselho de Finanças Públicas explicou a O INIMIGO que “sinceramente, não estava à espera que o primeiro-ministro conseguisse distinguir o défice da dívida ou apontar o Oceano Atlântico num mapa-mundo. É um milagre notável.”

Tópicos

Últimas

Do arquivo