Livro de Cavaco Silva chama-se ‘Quinta-feira e Outro Dias’ porque quinta-feira era dia de Cozido à Portuguesa no Palácio de Belém

Vítor Elias 16 de Fevereiro de 2017

Cavaco Silva apresenta hoje as suas memórias presidenciais, “Quinta-feira e Outro Dias”, sendo que esse dia em especifico tem importância porque era quando o Fernando Lima descia a rua para ir buscar Cozido à Portuguesa em caixinhas de alumínio para Cavaco Silva e Maria Cavaco Silva. O ex-Presidente da República revela que a mulher preferia a carne magra de vaca, enquanto ele era mais homem de roer os ossos de chispe. Marcelo Rebelo de Sousa apenas sorve rapidamente uma sopa do cozido porque está sempre a andar de um lado para o outro.

Tópicos

Últimas

Do arquivo