Passos Coelho nega que tenha defendido sanções a Portugal e desejado que António Costa seja picado nas férias por uma alforreca

Vítor Elias 29 de Julho de 2016

Passos Coelho garante que nunca defendeu sanções europeias a Portugal e que apenas quer o bem de Portigal, de todo ele, incluindo António Costa, a qual nunca, alguma vez, ontem à hora de almo, após beber uma cerveja à beira-Tejo, desejou que fosse picado por uma alforreca ou por uma vespa durante as férias e inchasse até não caber no Falcon. “Mas se ele não for picado por uma alforreca, isso só recompensa o bom trabalho do governo PSD/CDS-PP a limpar as praias.

Tópicos

Últimas

Do arquivo