Adele diz que não autorizou Centeno a utilizar a sua música na apresentação do OE em Bruxelas

António Marques 2 de Fevereiro de 2016

Adele não tem descanso, depois de processar Donald Trump por uso indevido da sua música nos comícios, a cantora virou-se agora para Mário Centeno. Foi ao som de “ We could have it all “ que um sorridente e confiante Mário Centeno apresentou o OE 2016 em Bruxelas. Os fãs de Adele não gostaram do abuso e a própria Adele indignou-se no Twitter : “ Mister Centeno, conte com um processo de 500 milhões de euros, que poderá incluir nas despesas extraordinárias do seu Orçamento de Estado. LOL e kiss! Adele“.

Tópicos

Últimas

Do arquivo