Pessoas-Animais-Natureza (PAN) quer afirmar-se como força política a sério e por isso muda de nome para Pessoas-Animais-Natureza-Obras Públicas (PANOP)

Vítor Elias 23 de Setembro de 2015

O Pessoas-Animais-Natureza (PAN), concorrente as legislativas, quer deixar de ser um fenómeno das redes sociais para se tornar uma força política credível. Para tal, vai abraçar a causa preferida dos partidos com assento parlamentar, as obras públicas. “O betão é o novo panda”, confirmou fonte do novo PANOP. Já Ana Matrena, a coordenadora, pondera despir-se para a capa da “Cristina”. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo