Passos recusa repôr os cortes porque isso seria regredir para uma época anterior ao enorme sucesso do seu governo

Mário Botequilha 4 de Abril de 2014

Passos Coelho foi hoje ao parlamento e anunciou que não vai repôr a maior parte dos cortes que fez durante estes anos.

“Portugal vive um momento de progresso social e de pujança económica de que Eduardo Catroga é o melhor exemplo. O país está pior mas a Goldman Sachs está melhor”, considera o PM. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo