Tribunais decidem que é proibido representar Cavaco Silva em efígie

Vítor Elias 13 de Junho de 2013

Nada de insultar Cavaco Silva ou mandá-lo trabalhar.

Doravante, decidiram hoje os tribunais, ninguém se poderá dirigir ao Presidente da República seja em que termos for, tão pouco representá-lo em pinturas, ilustrações ou efígie, como sucede aos deuses de várias religiões. De igual modo, o próprio nome ‘Cavaco Silva’ passará a ser proibido na boca dos mortais, passando a ser designado por ‘Ele’. Porém, quem proferir a palavra com algum sotaque equidisto, como o açoriano ou setubalense, é condenado às galés. A lei dos tribunais, como é óbvio, não se aplica aos não-mortais, como Mário Soares. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo