Novos fatos académicos já têm visto de residência no Brasil ou Angola bordados no casaco

João Henrique 22 de Dezembro de 2012

Cada vez mais jovens estão a abandonar Portugal para ir trabalhar lá fora.

Para evitar a burocracia e a consequente demora na obtenção de docu­mentos, uma loja académica acabou de lançar o fato aca­démico já com toda a docu­mentação bordada. “Temos o fato académico com visto de 6 meses, o visto de 1 ano e o visto de 2 anos, que custam entre os mil e os três mil euros. Para quem quer mesmo ficar lá fora definitivamente e não consegue arranjar um trabalho com contrato ou não quer um casamento de conveniência, temos o visto de Residência Permanente no país. Usufrui de quase todos os direitos de um cidadão nascido naquele país, só não vota. Custa 10 mil euros. É só acabar o curso e emigrar!”, explicou a dona da loja. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo